JIN SHIN JYUTSU®

De raízes milenares, a arte do Jin Shin Jyutsu® – em português, “a arte do Criador através do homem de conhecimento e compaixão” – foi redescoberta no Japão, no início do século XX, e atualmente é praticada por milhares de pessoas em todos os continentes. Os princípios dessa arte são universais e podem ser reconhecidos na inteligência inata do corpo, que nos leva, por exemplo, a colocar instintivamente a mão sobre áreas doloridas. Esses princípios também podem ser encontrados em terapias orientais, como a acupuntura e o shiatsu, e em terapias ocidentais que adotam uma perspectiva global do ser humano, como a homeopatia, a osteopatia e certas linhas de fisioterapia.

Ele pode ser autoaplicado?

Sim, o Jin Shin Jyutsu® pode ser autoaplicado em qualquer ocasião, lugar ou circunstância, pois o único instrumento necessário são as mãos. Os exercícios podem ser praticados um após o outro ou cada um em separado. Para realizá-los, você pode escolher posicionar-se de pé, sentado ou deitado – de costas ou de lado, da forma que for mais confortável e conveniente.

Veja abaixo alguns exercícios de autoaplicação, para você experimentar.

Exercícios

Seguindo os passos apresentados, coloque suavemente a mão (palma, dorso ou dedos) em cada área indicada e mantenha-a ali por dois ou três minutos ou até sentir uma pulsação. Caso não perceba a pulsação, não se preocupe. Os exercícios são efetivos assim mesmo e você começará a senti-la à medida que os for praticando.

Veja abaixo alguns exercícios de autoaplicação, para você experimentar.

EXERCÍCIO III

Ao segurar suavemente (sem apertar) cada dedo da mão, envolvendo-o por alguns minutos ou até senti-lo pulsar, ajudamos a dissipar emoções e pensamentos negativos. Você pode escolher segurar apenas um dedo durante todo o tempo que dedicar a esse exercício, ou passar de um dedo a outro, se sentir vontade.

Segurar o polegar ajuda a dissipar preocupações, estimula o bom funcionamento do estômago, do pâncreas e do baço, e pode evitar que dores de cabeça que estão começando se instalem.

Segurar o indicador ajuda a dissipar medos e depressões, estimula o bom funcionamento dos rins e da bexiga, e pode evitar que dores nas costas que estão começando se instalem.

Segurar o dedo médio ajuda a dissipar raivas, irritabilidade, indecisão e instabilidade, e estimula o bom funcionamento do fígado e da vesícula.

Segurar o dedo anular ajuda a dissipar tristezas e negatividade, e harmoniza a respiração, o pulmão e o intestino grosso.

Segurar o dedo mínimo ajuda a dissipar a rejeição de si mesmo e o esforço de tentar ser o que não se é; harmoniza funções do intestino delgado e do coração, e pode evitar que dores de garganta que estão começando se instalem.

Instituto Organizar - Exercícios
Instituto Organizar - Exercícios
Instituto Organizar - Exercícios
Instituto Organizar - Exercícios
Instituto Organizar - Exercícios
Instituto Organizar